Cerimônia marca lançamento do Programa de Coleta Seletiva Solidária de Teófilo Otoni

Com o nome Recicla Teó, o Programa de Coleta Seletiva Solidária do município de Teófilo Otoni teve seu lançamento oficial na quarta-feira, 09/10, na Prefeitura. A iniciativa envolve empresas e instituições que se uniram em prol da implementação desse programa que visa, de imediato, a retirada dos catadores do lixão de forma que eles continuem suas atividades em condições dignas e em segurança.

O encontro de lançamento reuniu a equipe do governo municipal, que tem a Secretaria de Meio Ambiente e o Núcleo de Projetos à frente da Coleta Seletiva, integrantes da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis Nova Vida (ASCANOVI), vereadores e os representantes dos seguintes parceiros: Ministério Público, Sindcomércio, Sindicato dos Contabilistas, IFNMG, UniDoctum, APJ, Mart Minas, Coopertur, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Sindicato dos Produtores Rurais, Associação Comercial e Empresarial, FM Engenharia, Grupo EPP Educacional, Construtora Fernandes e Marmoraria Incomar.

Na ocasião, o prefeito Daniel Sucupira explicou que o Recicla Teó está vinculado a uma determinação do MP para fechamento do lixão, separação do material orgânico e destinação adequada dos resíduos sólidos urbanos, dentre outras medidas. Nos últimos três meses, os catadores do lixão passaram por um acolhimento em saúde e assistência social, além de capacitações e oficinas voltadas à integração e fortalecimento deles na ASCANOVI. É para lá que serão destinados os materiais recicláveis recolhidos no Programa de Coleta Seletiva Solidária. Para implementação e êxito da iniciativa, tem se realizado todo um trabalho de reestruturação da associação.

De início, 11 bairros (Olga Corrêa, Dr. Laerte Laender, Marajoara, Centro, Veneta, Vila São João, Castro Pires, Ipiranga, Fátima, Grão Pará e Jardim Iracema) foram escolhidos para implantação do programa. A equipe promoveu capacitações com os agentes de Endemias, que são os multiplicadores da iniciativa junto às comunidades selecionadas. Foi elaborado um informativo no qual consta os dias e horários da coleta nos bairros, além dos tipos de materiais (vidro, papel, plástico, lata e alumínio, eletrônicos, chapa de raio x, isopor) que a população deve separar. Outro trabalho realizado pela equipe do programa é o de mobilizar associações de moradores e escolas.

Na prática, a coleta se inicia no dia 21/10, com o recolhimento do material reciclável disponibilizado pelas pessoas em um caminhão específico para este trabalho. “Este Programa de Coleta Seletiva Solidária depende da adesão de cada um, e isso tem a ver com a consciência ambiental. Nossa meta é que a população abrace essa causa conosco e que possamos estender a coleta para todos os cantos da cidade”, declarou o prefeito Sucupira.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *